OS  HOMENAGEADOS

Kiko Zambianchi

Publicado em 16/05/2008

Atualizado em janeiro 2020

 

O ribeirão-pretano KIKO ZAMBIANCHI é, literalmente, o primeiro ‘rockwalker’ a experimentar a sensação de participar do projeto Rockwalk Brasil®, gravando em baixo-relevo as impressões de suas mãos no que seria a placa de concreto mais famosa e icônica da história da Música brasileira. O artista é convidado diretamente por seu amigo conterrâneo Marcio Mota, o criador do projeto.

 

PRIMEIRO artista a incluir o “Rock Hall da Fama”, Kiko Zambianchi recebe nossa equipe bastante entusiasmado com o projeto, mesmo ainda “sem saber exatamente o que está acontecendo”, inaugurando assim a “Calçada da Fama do Rock Brasileiro”.

 

A captação das impressões acontece na manhã de quinta-feira, 15 de maio de 2008, no lobby do Hotel onde se hospeda, por ocasião de sua apresentação na ‘Virada Cultural Paulista’, em Ribeirão Preto SP.

 

Além dos tradicionais autógrafos na placa e na guitarra da RockWalk Brasil®, que logo inaugura o Acervo Rockwalk, o futuro “Museu do Rock Brasileiro”, Kiko promete doar ao projeto uma jaqueta de couro preta, usada por ele na foto de capa do disco “Era das Flores”, lançado em 1989 pela EMI.

 

Promessa feita, promessa cumprida, e poucos dias mais tarde, durante uma visita da equipe RockWalk Brasil® em sua residência na capital paulista, a seu convite, Kiko Zambianchi autografa e doa a bela peça, agora parte integrante do inestimável acervo do projeto.

 

A partir daí, está oficialmente criada a “Rockwalk Brasil® – A Calçada da Fama do Rock”, que já organiza sua lista de convidados que, um a um, vão formando dia-a-dia o “Maior Patrimônio da Música Brasileira”.

 

Nascido Francisco José Zambianchi (Ribeirão Preto, 14 de outubro de 1960), Kiko Zambianchi dá os primeiros passos de sua carreira ainda tocando guitarra na adolescência, participando de festivais estudantis, peças de teatro, fazendo shows pelo interior, e, finalmente formando a banda “Vida de Rua”.

Mas tudo começaria mesmo aos 23 anos, um mês após se mudar para São Paulo, ao ser contratado pela gravadora EMI.

Em 1984 viria o single "Rolam as Pedras", que estoura nas rádios paulistas e logo em todo o Brasil. Depois vem o LP “Choque”, com participação de Lulu Santos e Marina Lima, emplacando de vez a faixa "Rolam as Pedras".

Em seguida Marina Lima gravaria "Eu te amo você", de autoria de Kiko, e, no mesmo ano, Erasmo Carlos grava outro hit de Zambianchi "Manchas e Intrigas", mais sucessos para sua carreira, agora estável.

"Primeiros Erros" teria sido uma música quase que descartada pela gravadora, mas, Kiko faz divulgação pessoal da música passeando pelas rádios da Grande São Paulo e aos poucos a música começa a ser conhecida e executada, chegando finalmente ao topo das paradas em todo o Brasil.

Nos anos 2000 o sucesso do disco "Acústico MTV", da banda Capital Inicial, é alavancado pelo maior hit de Kiko “Primeiros Erros”, registrando a maior vendagem da banda em toda a sua carreira. E, tendo Zambianchi como convidado de honra, fariam juntos mais de 250 shows por todo o país, credenciando essa pareceria de Kiko e Capital a subir ao palco do Rock in Rio. Kiko é novamente convidado a trabalhar no disco seguinte do Capital “Rosas e Vinho Tinto”.

 

Em 2002 Kiko é contratado pela Gravadora Abril Music, que lança “Disco Novo”, seu sexto CD solo.

Em 2010 Zambianchi completa 25 anos do lançamento do primeiro álbum gravando o seu disco 'Acústico' no Teatro Pedro II, em Ribeirão Preto, sua terra natal, com a participação da banda Capital Inicial e outros convidados.

Problemas com a edição das imagens cancelam o lançamento do DVD, mas o áudio do Acústico está disponível desde 2013 nas plataformas digitais, e pode ser conferido na íntegra com todas as 14 faixas.

Ao todo somam-se 11 trabalhos lançados pelo artista, entre discos de estúdio, coletâneas e um DVD.

Kiko Zambianchi, um dos maiores hitmakers do pop-rock nacional, tem um encontro marcado com o público da Music Show Experience, em setembro de 2019, abrindo a agenda de palestras da feira, falando sobre inspiração e a liberdade de compor e seus atalhos, e no final do mesmo ano o icônico time de futebol Flamengo conquista o Campeonato Carioca, a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro. O fato é que o time acabaria por ‘adotar’ o hit “Primeiros Erros” de Zambianchi, fazendo a paródia “Em Dezembro de 81”, onde os fanáticos rubro-negros relembram a conquista do Campeonato Mundial de Clubes em cima do Liverpool.

A música é entoada nos estádios mundo afora, e o nome de Kiko Zambianchi elevado a última potência, ‘culpa’ de uma composição do artista que faz sucesso há mais de 30 anos.

 

"Essa música não para de crescer, cara, é incrível. É uma das músicas mais populares do Brasil", afirma o cantor Dinho Ouro Preto, vocalista do Capital Inicial ao portal UOL.

kiko-web1.jpg

CATEGORIA

‘IN MEMORIAN’

ordem alfabética

André Matos

Antonio Marcos

Banda The Jet Blacks

Big Boy

Bolão e Seus Rockettes

Carlos Alberto Belmont

Carlos Imperial

Cassia Eller

Cazuza

Celly Campello

Chico Science

Dino

Dom & Ravel

Dori Edson

Ed Wilson

Eddy Teddy

Geraldo Brandão

Henrique Bartsch

Itamar Assumpção

Jessé

João Augusto

José Ricardo

Júlio Barroso

Luizinho & seus Dinamites

Mamonas Assassinas

Manito

Marcelo Fromer

Meire Pavão

Mingo

Nora Ney

Paul de Castro

Paulo Henrique

Pedrinho Batera

Pedro Gil

Raul Seixas

Renato Russo

Rodrigo Netto

Rogério Duprat

Ronnie Cord

Rossini Pinto

Sérgio Murilo

Sergio Sampaio

Silvinha Araújo

Teddy Milton

Terry Winter

Tico Terpins

Tim Maia

Torquato Neto

Waldir Anunciação

Wander Taffo

Zé Rodrix

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

© 2008 by MMP ROCK Business. All Rights reserved ®