OS  HOMENAGEADOS

loborges-web1.jpg

LO Borges

Publicado em 11/06/2010

Atualizado em janeiro 2020

 

Nascido Salomão Borges Filho em janeiro de 52, em BH, o cantor e compositor LÔ BORGES é um dos fundadores do “Clube da Esquina”, grupo de artistas mineiros fãs de MPB e Rock, leia-se ‘Beatles’, que marcaria presença na música nas décadas de 70 e 80, movimento iniciado com os irmãos Borges Lô, Marilton e Márcio.

Ao lado de Milton Nascimento, Lô Borges lança o disco “Clube da Esquina”, em 72, que se tornaria um marco na história da música brasileira.

 

Autor de músicas famosas como “Paisagem da Janela” e “O Trem Azul”, sua paixão pelo rock ficaria expressa na composição que levaria o nome de seus maiores ídolos: “Para Lennon e McCartney”.

 

Lô também diz que sua grande contribuição ao ‘Clube’ seria ter apresentado a palheta aos violonistas do Milton, que até então tocavam com a mão, o que daria um toque mais ‘pesado’ ao som.

 

Lô Borges tem no currículo composições nas vozes de Milton Nascimento, Flávio Venturini, Tom Jobim e Elis Regina, entre outros, várias turnês pela Europa, Ásia e USA, dezoito discos lançados e parcerias memoráveis com Samuel Rosa, Tom Zé, Nando Reis e Arnaldo Antunes.

Em 2014 Lô Borges lançaria a coletânea “2003 – 2013”:

Quando em 2000 o relógio do tempo mudou a década, o século, o milênio, senti uma necessidade imperiosa de fazer coisas novas, compor, gravar discos. Gravei 4 discos de inéditas.

 

Depois de "Horizonte Vertical", passei a pensar em uma compilação remasterizada sobre o trabalho construído nessa década. Fiquei quase um ano escolhendo as canções que representassem bem esse período, e, está aí o Lô Borges da última década, e eu espero que vocês gostem das músicas” – Lô Borges

 

Aí, de 2016 a 2019 vieram “Samuel Rosa & Lô Borges: Ao Vivo no Cine Theatro Brasil”, depois “Tênis + Clube - Ao Vivo no Circo Voador” e “Rio da Lua”, o último lançamento.

Até agora.

 

Mas, o fluxo criativo de Lô Borges continuaria intenso, e, apenas sete meses após o álbum “Rio da Lua”, com dez faixas inéditas de Lô e letras do conterrâneo Nelson Angelo, Lô anuncia “Dínamo”, outro álbum com repertório inteiramente inédito e autoral com lançamento previsto para março de 2020, ao lado do parceiro Makely Oliveira Soares Gomes, poeta, compositor e violonista piauiense conhecido artisticamente como Makely Ka.

 

O destaque do álbum é a música-título Dínamo, gravada por Lô com Samuel Rosa, parceiro de Lô Borges desde 1999.

 

Assim, como um dos mais respeitados nomes do cenário artístico nacional, Lô Borges é incluído no Rock Hall das celebridades, e registra as impressões de suas mãos na RockWalk Brasil®, a “Calçada da Fama do Rock”.

 

O artista, indicado na categoria principal “Músico”, é reconhecido por sua relevante contribuição à história do Rock nacional, passando assim a integrar o “Rock Hall da Fama” brasileiro.

 

A Cerimônia acontece no dia 10 de junho de 2010 durante sua estada em Ribeirão Preto SP, onde Lô Borges recebe gentilmente nossa equipe, grava a placa, autografa a guitarra, e escreve seu nome na Rockwalk Brasil®, "o maior Patrimônio Histórico Cultural da Música Brasileira".

CATEGORIA

‘IN MEMORIAN’

ordem alfabética

André Matos

Antonio Marcos

Banda The Jet Blacks

Big Boy

Bolão e Seus Rockettes

Carlos Alberto Belmont

Carlos Imperial

Cassia Eller

Cazuza

Celly Campello

Chico Science

Dino

Dom & Ravel

Dori Edson

Ed Wilson

Eddy Teddy

Geraldo Brandão

Henrique Bartsch

Itamar Assumpção

Jessé

João Augusto

José Ricardo

Júlio Barroso

Luizinho & seus Dinamites

Mamonas Assassinas

Manito

Marcelo Fromer

Meire Pavão

Mingo

Nora Ney

Paul de Castro

Paulo Henrique

Pedrinho Batera

Pedro Gil

Raul Seixas

Renato Russo

Rodrigo Netto

Rogério Duprat

Ronnie Cord

Rossini Pinto

Sérgio Murilo

Sergio Sampaio

Silvinha Araújo

Teddy Milton

Terry Winter

Tico Terpins

Tim Maia

Torquato Neto

Waldir Anunciação

Wander Taffo

Zé Rodrix